fbpx
Pesquisar
Close this search box.
Municípios da região

Piauí

A Força Tarefa Popular realiza o Ranking de Transparência e Governança Pública dos municípios da região norte do Piauí. O trabalho avalia 10 prefeituras e conta com apoio técnico e metodologia da Transparência Internacional – Brasil. A avaliação 2023 revelou um cenário insatisfatório de transparência e governança pública na região. Apenas Teresina (85,9 pontos) recebeu classificação “ótimo”. Em último lugar ficou Porto (21,2 pontos).

Mostrando resultados para:
Posição Estado Pontuação Avaliação
TERESINA 66,5 PTS BOM
SÃO JOÃO DO ARRAIAL 52,5 PTS REGULAR
LUZILANDIA 49,4 PTS REGULAR
UNIÃO 47,7 PTS REGULAR
MATIAS OLÍMPIO 47,0 PTS REGULAR
CAMPO LARGO 36,8 PTS RUIM
ESPERANTINA 33,6 PTS RUIM
MORRO DO CHAPEÚ 33,2 PTS RUIM
MIGUEL ALVES 32,7 PTS RUIM
10º PORTO 26,6 PTS RUIM
Cidades avaliadas
10
Desempenho médio (2022)
42,6 pts
Desempenho médio (2023)
54,1 pts
Melhor nota (2023)
Teresina (85,9 pts)
Pior nota (2023)
Porto (21,2 pts)
Cidades avaliadas
10
DESEMPENHO MÉDIO (2022)​
42,6 pts
Desempenho médio (2023)
54,1 pts
Melhor nota (2023)
Teresina (85,9 pts)
Pior nota (2023)
Porto (21,2 pts)
O detalhamento das notas indica que os maiores desafios para assegurar transparência e participação social se concentram nas dimensões Legislação e Administrativo e Governança, que monitoram a existência e a regulamentação de leis e normas que amparam a transparência e a integridade, cobrindo temas como acesso à informação, proteção de denunciantes, dados abertos e proteção de dados pessoais, e também se o município divulga sua estrutura, relatórios de auditoria e outros documentos.

Um dos casos mais alarmantes está relacionado à divulgação da agenda dos prefeitos que não é feita por nenhum dos municípios avaliados e não há publicidade sobre regulamentação da Lei de Acesso à Informação (LAI). Apesar da Lei já ter mais de 10 anos, quatro (Campo Largo, Morro do Chapéu, Miguel Alves, Porto) dos dez municípios avaliados ainda não dão publicidade sobre sua regulamentação no nível municipal. Além disso, só Teresina e União possuem normas para proteger quem realiza denúncias de casos de corrupção. Somente três municípios divulgam regulamentação para prevenir conflitos de interesse (Teresina, União e São João do Arraial).

Sobre a Força Tarefa Popular

A Força Tarefa Popular surgiu no Piauí com o objetivo de fortalecer uma democracia de massa, de ampliação da participação da sociedade, para além do exercício de votar. Ela tem como principal estratégia de luta política a “Marcha Contra a Corrupção e Pela Vida”, que atua com a mobilização, agregando entidades e pessoas para promover a transparência pública e o combate à corrupção. Saiba mais e apoie o trabalho da Força Tarefa Popular!
Grupo de Trabalho

Piauí

A Força Tarefa Popular realiza o Ranking de Transparência e Governança Pública dos municípios da região norte do Piauí. O trabalho avalia 10 prefeituras e conta com apoio técnico e metodologia da Transparência Internacional – Brasil. A avaliação 2023 revelou um cenário insatisfatório de transparência e governança pública na região. Apenas Teresina (85,9 pontos) recebeu… Continuar lendo Piauí

LÍDER

Aviso de cookies

Este site utiliza cookies. Ao continuar, você compartilhará informações sobre sua navegação. Aviso de privacidade.