fbpx
Pesquisar
Close this search box.
Municípios da região

Paraná

O Movimento Popular Anticorrupção Por Amor a Londrina realiza o Ranking de Transparência e Governança Pública dos municípios da 17ª Regional de Saúde do Paraná, PR. O trabalho avalia 21 prefeituras e conta com apoio técnico e metodologia da Transparência Internacional – Brasil. A avaliação 2023 revelou que a maior parte das prefeituras (10) apresentou nível “regular” na avaliação. Oito cidades se enquadram no nível “ruim”, uma no nível “péssimo”, e apenas um município teve melhor pontuação e está no topo do ranking avaliado como “ótimo”.

Mostrando resultados para:
Cidades avaliadas
21
Desempenho médio (2022)
36,8 pts
Desempenho médio (2023)
44,1 pts
Melhor nota (2023)
Londrina (87,1 pts)
Pior nota (2023)
Porecatu (16,4 pts)
Cidades avaliadas
21
DESEMPENHO MÉDIO (2022)​
36,8 pts
Desempenho médio (2023)
44,1 pts
Melhor nota (2023)
Londrina (87,1 pts)
Pior nota (2023)
Porecatu (16,4 pts)
Apesar da evolução em comparação com 2022, a região ainda representa um nível regular de transparência e governança pública e 19 das 21 prefeituras avaliadas tiveram desempenho considerado insatisfatório. O detalhamento das notas indica que o maior desafio se concentra na dimensão Legal, que avalia a publicidade e existência de leis e normas de transparência e integridade nos municípios. Das 21 prefeituras avaliadas, apenas 8 publicaram regulamentação sobre a Lei de Acesso à Informação, e somente duas (Londrina e Ibiporã) não falham em divulgar a regulamentação da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). Londrina é o único município que apresenta regulamentação de Conflito de Interesses e mostra que possui norma de proteção ao denunciante.

A dimensão mais bem avaliada na região foi Plataformas, que verifica a implementação de portais, ferramentas e mecanismos que possibilitem pedidos de acesso à informação, acesso a dados abertos, manifestações e denúncias de casos de corrupção nas prefeituras, sobretudo em meios digitais, priorizando os canais que possibilitem o anonimato. Porém, apenas a prefeitura de Sertanópolis tem um canal para realização de denúncias anônimas com fácil acesso. No ranking geral, Londrina (87,1 pontos) recebeu classificação “ótima” mantendo a 1ª colocação pelo segundo ano. Ibiporã (64,6 pontos) ocupou a 2ª colocação sendo a única cidade com nível “bom”. Em último lugar ficou Porecatu que piorou sua nota e só obteve 16,4 pontos que representa nível “péssimo” de transparência.

Sobre o MPAC-PAL

O Movimento Popular AntiCorrupção “Por Amor a Londrina” (MPAC-PAL) foi constituído em 2012 e, desde então, fiscaliza as administrações municipais, participando ativamente do Conselho Municipal de Transparência e Controle Social e denunciando aos órgãos de controle externos ações irregulares na administração pública de Londrina. Saiba mais e apoie o Movimento Popular Anticorrupção “Por Amor a Londrina”!
Grupo de Trabalho

Paraná

O Movimento Popular Anticorrupção Por Amor a Londrina realiza o Ranking de Transparência e Governança Pública dos municípios da 17ª Regional de Saúde do Paraná, PR. O trabalho avalia 21 prefeituras e conta com apoio técnico e metodologia da Transparência Internacional – Brasil. A avaliação 2023 revelou que a maior parte das prefeituras (10) apresentou… Continuar lendo Paraná

LÍDER

Aviso de cookies

Este site utiliza cookies. Ao continuar, você compartilhará informações sobre sua navegação. Aviso de privacidade.