Brasil passa a contar com rede de especialistas para estudar a corrupção

A Rede Brasileira de Estudos e Práticas Anticorrupção reunirá especialistas e promoverá a produção de conhecimento qualificado sobre o tema.

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Com objetivo de disseminar o conhecimento sobre o fenômeno da corrupção no país, a Transparência Internacional – Brasil lança hoje a Rede Brasileira de Estudos e Práticas Anticorrupção

Além de grupos de estudo e publicações, que buscam fomentar e ampliar o tema da corrupção em seus diversos campos de conhecimento, a Rede também contará com cursos e encontros periódicos, direcionados à capacitação de atores-chave, atuantes nos setores público e privado.  

Profissionais que trabalham com o tema e acadêmicos que estudam a corrupção em campos como ciência política, administração pública, economia, sociologia e direito poderão se associar à Rede.  

A iniciativa é uma cooperação da Transparência Internacional – Brasil com a Fundação Konrad Adenauer Brasil.

Encontro Anual

1º Encontro Anual da Rede Brasileira de Estudos e Práticas Anticorrupção acontecerá ainda neste ano, entre os dias 24 e 26 de novembro, e reunirá pesquisadores e profissionais que atuam no campo anticorrupção com o objetivo de divulgar e debater as pesquisas mais recentes e relevantes para a área. 

O evento é gratuito e será transmitido ao vivo. É necessário se inscrever para participar das discussões. 

Pesquisadores e profissionais com relatos ou propostas de boas práticas de integridade e governança e artigos científicos sobre temas como “democracia e eleições” e “transparência pública e dados abertos”, entre outros, poderão apresentar seus trabalhos nos painéis do 1º Encontro Anual da Rede Brasileira de Estudos e Práticas Anticorrupção.  

Confira as regras do edital e submeta seu resumo


Em breve serão divulgadas mais informações sobre a Rede Brasileira de Estudos e Práticas Anticorrupção, como por exemplo as condições para associação.

Acompanhe nossas redes sociais