9

DE
DEZEMBRO

15h

a geopolítica da corrupção

O que podemos aprender com o caso Odebrecht, o mais organizado modelo de “exportação” de corrupção na história

EVENTO

Neste 9/dezembro, Dia Internacional de Combate à Corrupção, venha conversar conosco sobre como a grande corrupção ultrapassa fronteiras e constrói esquemas que afetam toda uma região.

O evento será online e gratuito e acontecerá pouco antes do acordo de leniência entre a Odebrecht e os governos brasileiro, suíço e norte-americano, considerado pelo Ministério Público Federal como “o maior do mundo”, completar 4 anos. 

O caso Odebrecht se tornou um importante exemplo de exportação da corrupção brasileira e atingiu prejuízos altíssimos para o bem público do Brasil e dos diversos países envolvidos. Esta será uma oportunidade única de discutirmos a geopolítica da corrupção em nossa região. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp

EVENTO

Por ocasião do Dia Internacional Contra a Corrupção (9/12) e do recente lançamento do livro “A organização – A Odebrecht e o esquema de corrupção que chocou o mundo”, da jornalista Malu Gaspar, a Transparência Internacional – Brasil convida a autora e um dos mais expoentes nomes da luta anticorrupção mundial, o ex-procurador do caso Fujimori, José Ugaz, para discutir a Geopolítica da Corrupção.

Neste mês também se completam quatro anos do acordo de leniência firmado pela Odebrecht com os governos dos Estados Unidos e da Suíça. A multa fixada em R$ 8,5 bilhões e sua abrangência lhe renderam o título de maior acordo do tipo já realizado em todo o mundo. O caso se provou ser o mais organizado da história do capitalismo e exemplo de “exportação” de um modelo de corrupção que espalhou prejuízos por toda a América Latina e África. 

O que podemos aprender com esse caso? Os países latino-americanos podem ver isso se repetir futuro? Como executivos do alto escalão da empreiteira, mesmo após tantas revelações, conseguiram se manter em seus cargos?  

Todos esses pontos, e como essa prática se uniu aos interesses geopolíticos do governo brasileiro, serão debatidos ao vivo em uma live mediada pelo diretor executivo da organização, Bruno Brandão. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
Share on whatsapp
WhatsApp

PARTICIPANTES

Malu Gaspar

repórter da revista Piauí, apresentadora do podcast Foro de Teresina e autora de “A Organização – A Odebrecht e o esquema de corrupção que chocou o mundo”

José Ugaz

ex-procurador Ad-Hoc do caso Fujimori, advogado, ex-presidente da Transparency International e da Proética

Bruno Brandão

diretor executivo da Transparência Internacional – Brasil moderador
Transparência Internacional - Brasil

Exceto quando houver outra indicação, este conteúdo é licenciado sob CC BY-SA 4.0.

Política de Privacidade | Contato